23.6.06

Censura internacional - Guantánamo



EUA vetam acesso de jornalistas à prisão de Guantánamo

Os Estados Unidos anunciaram a retirada de todos os jornalistas da prisão americana na Baía de Guantánamo, em Cuba. Os militares locais não podem mais convidar a imprensa sem autorização superior. A suspensão da cobertura está em vigor a partir desta quarta-feira.

Jornalistas do "Miami Herald" e do "Los Angeles Times" que chegaram à base no sábado passado foram despachados de volta nesta quarta. Eles tinham desembarcado horas depois do suicídio de dois prisioneiros sauditas e um iemenita.

A decisão se deu depois que um jornal, o "Charlotte Observer", publicou relato contundente das medidas de segurança efetivadas depois dos suicídios. A reportagem contém "cenas de oficiais discutindo o tratamento duro dos detentos", segundo notou o "Guardian".




Veja matéria completa em O Globo:
http://oglobo.globo.com/online/mundo/mat/2006/06/14/284261816.asp